Tabela para o Imposto de Renda 2020: descubra o seu percentual

Descubra qual será o percentual a ser aplicado sobre a sua renda, conferindo a tabela do Imposto de Renda.

Imposto de renda tabela

A tabela do Imposto de Renda é responsável por mostrar ao contribuinte qual o percentual que será aplicado e o desconto a ser dado sobre seus rendimentos anuais, na hora de calcular qual será o valor devido à Receita Federal.

O governo faz uso da tabela, portanto, para calcular o valor que deve ser arrecadado para o Imposto de Renda Retido na Fonte e os descontos concedidos aos declarantes referente aos gastos dedutíveis. O resultado desses cálculos mostra ao contribuinte o valor a ser pago à Receita

Por isso, conhecer as alíquotas e as parcelas dedutíveis presentes na tabela é importante para que o declarante tenha consciência de quanto deverá pagar ao declarar o seu Imposto de Renda.

Tabela do Imposto de Renda 2020

É importante apontar que a tabela do IR funciona de forma progressiva, ou seja, quanto maior for a renda do contribuinte, maior será a alíquota e o valor do desconto.

Além disso, é necessário deixar claro que a correção da tabela do Imposto de Renda ainda não foi feita, portanto, os números da tabela abaixo, até o momento, estão em vigor.

Tabela do Imposto de Renda - rendimento mensal

Tabela alíquota imposto de renda

Tabela do Imposto de Renda - rendimento anual

Tabela progressiva anual

A nova tabela do Imposto de Renda está sendo requisitada pelos cidadãos brasileiros há algum tempo, visto que a base do cálculo não acompanhou a inflação e, por isso, está desatualizada. Obrigando a grande maioria da população a declarar o imposto.

A última atualização da tabela foi feita no ano de 2015.

Cálculo do Imposto de Renda 2020

Saber quanto você irá pagar ou, até mesmo, receber na declaração do Imposto de Renda é simples. A própria ferramenta utilizada para o envio da declaração, a Receitanet, fornece ao contribuinte o cálculo referente às informações anexadas.

Além disso, para pagar menos Imposto de Renda, uma estratégia inteligente é não deixar de declarar todas as informações referente às suas movimentações financeiras, principalmente aquelas passíveis de dedução.

Afinal, declarar todos os seus gastos com saúde e educação, por exemplo, poderá aumentar a parcela dedutível a ser descontada do valor a ser pago à Receita Federal. Visto que estes são fatores que podem modificar o cálculo do imposto.

Por último, enquanto a nova tabela do Imposto de Renda não é anunciada, que tal colocar em prática a dica, mencionada nos últimos parágrafos, na declaração do IR de 2020?

 

O que você achou do post?

12 Respostas

Deixe seu comentário