Como cadastrar Pix no IR e antecipar a restituição?

Vem aprender como cadastrar Pix no Imposto de Renda, aproveitando o recurso incluído pela Receita Federal para agilizar o pagamento da sua restituição. Descubra também como receber antecipadamente o seu dinheiro!

Cadastrar pix imposto de renda

Para receber a restituição do IR com rapidez e praticidade, basta saber como cadastrar Pix no Imposto de Renda na hora de informar os dados bancários no finalzinho da declaração, sem esquecer que a chave deve ser o seu CPF – e somente ele!

A possibilidade de receber por Pix foi instituída pela Receita Federal como forma de facilitar o pagamento da restituição do imposto – aquela quantia que o Leão devolve ao entender que o contribuinte pagou a mais durante o ano-calendário, ultrapassando o valor de imposto devido – e pode valer a pena se você precisa do dinheiro com urgência.

Descubra como aproveitar essa vantagem oferecida pelo órgão e conheça mais sobre a medida durante a leitura deste artigo, que está cheio de informação e ainda tem uma super dica para quem tem pressa para usar o valor da restituição.

Como receber restituição do IRPF por Pix?

Para receber sua restituição por Pix, basta cadastrar uma chave Pix válida na declaração do seu Imposto de Renda. Essa chave precisa ser o seu número de CPF.

Caso você tenha algo a receber do Fisco pelo que pagou em tributos no ano anterior ao da declaração, o dinheiro será depositado na conta vinculada à chave informada.

Inclusive, já para 2023 quem tiver direito à restituição de parte dos tributos pagos em 2022 vai poder receber por Pix.

Restituição do Imposto de Renda de 2023 por Pix

Quem fez a declaração do imposto pago em 2022 e informou a chave Pix corretamente vai conseguir mais rápido a devolução de eventuais pagamentos que ultrapassaram o valor dos tributos devidos, ou seja, a restituição.

Isso porque quem optou por receber através dessa modalidade terá direito ao pagamento logo depois dos lotes prioritários compostos por idosos, PCDs e profissionais do magistério.

Ou seja, os contribuintes neste “grupo do Pix” recebem antes de quem escolheu outras modalidades de pagamento. Confira, no calendário abaixo, a ordem de prioridade das restituições 2023 e suas respectivas datas.

Cronograma datas calendário lotes pagamento restituição imposto renda

Agora, veja um tutorial de como cadastrar o Pix na sua declaração.

5 passos para cadastrar o Pix na declaração de Imposto de Renda

Veja o passo a passo de como colocar o Pix no Imposto de Renda!

  1. Abra o Programa Gerador de Declaração (PGD) do ano-exercício correto.
  2. Inicie uma nova declaração ou, se já tiver enviado o documento deste ano, clique para iniciar uma declaração retificadora.
  3. Na tela de início, clique em “Imposto a pagar”.
  4. Selecione a opção “Informações bancárias”.
  5. Informe a chave Pix correspondente ao seu CPF.

Nada complicado, certo?

Alternativamente, você também pode realizar todo o preenchimento dos dados da sua declaração e, no final do processo, o próprio sistema pedirá para inserir ou confirmar os dados bancários. Daí, basta escolher a opção Pix e informar o CPF.

Como informar o Pix para restituição do Imposto de Renda?

A Receita Federal criou mecanismos dentro do próprio programa usado para criar e enviar a declaração do IRPF através dos quais o contribuinte consegue informar o Pix e receber sua restituição. Basta navegar no programa que você encontra a maneira mais fácil de informar os seus dados!

A única condição imposta pelo Fisco é que, para ser considerada válida, a chave Pix informada precisa ser o CPF do declarante, o que significa que quem quiser receber a restituição dessa forma já deve ter cadastrado seu CPF como chave Pix na instituição bancária de sua preferência.

Onde informar o Pix para restituição do IR?

Ao fim do preenchimento do IRPF, o Programa Gerador da Declaração informa se há imposto a restituir e abre o campo de “informações bancárias” para você preencher. Nesse espaço, clique na caixinha de “Tipo de conta” e selecione a opção “Pix”.

Em seguida, informe a chave Pix para receber sua restituição do IR.

Para não deixar nenhuma dúvida sobre como aproveitar o benefício de pular algumas posições na fila para a restituição, preste atenção na imagem abaixo, que detalha a seção que o programa apresenta quando você clica no botão para enviar a declaração.

Cadastrar pix imposto renda

Agora ficou fácil, né? Então, confira uma revisão curta de todo o bê-a-bá e, claro, uma super dica da Leoa para você receber sua restituição ainda mais rápido do que por Pix!

Como cadastrar Pix para receber restituição do IR?

O Pix pode ser cadastrado já no início da declaração do IRPF, no campo “Informações bancárias” e dentro da aba “Imposto a pagar”, acessível na tela de início do preenchimento.

Também dá para informar o Pix ao encerrar o documento, na janela aberta pelo sistema pedindo os dados bancários para depósito da restituição.

Lembre-se de que a chave cadastrada precisa ser o CPF, então, verifique se o seu documento já está vinculado a alguma instituição bancária ou se você ainda precisa criar esse tipo de chave.

Se houver dinheiro a receber, o valor vai para a conta do banco na qual o CPF está registrado como chave.

Cadastrar o Pix no IR garante que você receba uma eventual restituição antes dos contribuintes que escolheram outra forma de depósito, mas também dá para sacar a quantia logo que a situação da sua declaração mudar para “Em fila de restituição”.

É isso mesmo que você leu! É possível antecipar até 100% da sua restituição sem nem sair de casa e sem precisar esperar o governo devolver um dinheiro que já é seu.

Basta cadastrar o comprovante do IR numa plataforma digital de confiança que faça essa antecipação – e pagando taxas mais acessíveis do que as cobradas pelas principais instituições financeiras! – que o dinheiro vai para sua conta em até 48h.

A praticidade do Pix foi um grande avanço para as transações financeiras e também para lidar com o Leão de uma forma mais amigável, mas fica melhor ainda se você conseguir garantir o dinheiro na sua conta o quanto antes, diz aí?

O que você achou do post?

1 Resposta

Deixe seu comentário