Canal da Leoa

Tudo sobre Imposto de Renda

Conteúdo grátis com qualidade sobre IR

Como descobrir o número do recibo da última declaração do IR

Quando você finaliza a declaração do IR, recebe um comprovante de que ela foi transmitida ao Leão. Se você não anotou ou salvou o número do recibo da última declaração e precisa utilizá-lo, confira nosso passo a passo para recuperá-lo!

Número recibo ultima declaração

Ao enviar a sua declaração anual do Imposto de Renda da Pessoa Física, você recebe um recibo que confirma que você concluiu o processo e transmitiu os dados preenchidos no programa de declaração para a Receita Federal. Esse comprovante tem uma sequência de 12 números.

Se você precisa informar o número do recibo da última declaração enviada e não salvou ou anotou quando concluiu o envio, não há motivo para pânico: é possível recuperá-lo de até três formas diferentes. Confira a seguir.

Passo a passo para descobrir o número do recibo do Imposto de Renda

Pegar o número do recibo do Imposto de Renda é mais fácil do que você imagina. Você pode fazer a recuperação do comprovante no site do Leão, pelo computador ou dispositivo móvel que usou para enviar a declaração e também pessoalmente, comparecendo a uma unidade da Receita Federal mais próxima da sua casa.

Esse número é necessário para:

Lembrando que esse comprovante serve apenas para procedimentos ligados à declaração de Imposto de Renda enviada. Você não precisará dele para realizar a declaração do ano seguinte.

Uma dica para as próximas declarações, se você fizer pelo computador, é observar em qual pasta o arquivo será salvo.

O nome do arquivo costuma ter o número do seu CPF e a data da declaração. Você pode criar uma pastinha só para documentos relacionados ao Imposto de Renda dentro dos seus documentos do computador e salvar essas informações todas em um único lugar, todos os anos.

Assim, se precisar do número do recibo das declarações enviadas em qualquer ano, achará facilmente!

Agora, vamos ao passo a passo para recuperar o recibo:

1.  Pelo site da Receita Federal

Ao acessar o portal e-CAC, você pode ir no campo “Declaração IRPF”. Lá, é possível recuperar o número do recibo da sua última declaração. Porém, você precisa ter gerado um código de acesso para se logar a esse site, caso ainda não tenha se cadastrado.

2.  Pelo computador ou dispositivo móvel que usou para envio da declaração

Se a sua declaração foi enviada por meio de um computador, tablet ou celular, basta acessar esse mesmo dispositivo para abrir a pasta em que o programa da Receita Federal salva, automaticamente, a declaração transmitida.

No seu computador, o arquivo da declaração costuma estar em algum caminho como “C/Arquivos de Programas/Programas SRFIRPF2022transmitidas”. Na própria declaração, você encontrará o número do recibo, bastando clicar em “Imprimir” para salvar o arquivo em PDF, mantendo-o digitalmente, ou literalmente imprimir o recibo, se assim desejar.

3.  Em uma unidade da Receita Federal

Por fim, se por alguma razão você não conseguir recuperar o comprovante da sua declaração de nenhum dos dois jeitos anteriores, mais uma opção é comparecer a uma unidade da Receita Federal para que eles possam recuperar o número para você.

Nesse caso, é preciso agendar um horário para ser atendido, o que pode ser feito pelo próprio site da Receita Federal. Também leve documentos como CPF, RG ou a carteira de motorista para comprovar que você é o titular da declaração relacionada ao número do recibo.

O órgão também recomenda que você leve um pen drive para gravar uma cópia digital do documento. Se você não tiver, tudo bem, pois a cópia pode ser impressa no local. Nesse caso, deverá existir algum custo pela impressão.

Você também pode aproveitar essa visita para solicitar o código de acesso ao portal e-CAC. Dessa forma, você poderá realizar qualquer procedimento ligado à sua declaração do Imposto de Renda de maneira online.

Agora que você já sabe que é muito simples recuperar o número do recibo da sua última declaração, preste atenção aos critérios e prazos para declarar todos os anos e, ao longo do período, vá guardando todos os documentos necessários para a declaração seguinte. Assim, você evita ter que procurar todos juntos quando chegar o período de declarar, otimizando seu tempo!

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário

Cálculo automático do
Imposto de Renda dos
seus investimentos

Compre e venda sem medo de cair na Malha Fina.

começar agora