Conheça o cronograma da Restituição do Imposto de Renda 2020

O governo vai restituir todos os contribuintes em até cinco meses, ou seja, esse é o prazo para realizar a restituição do Imposto de Renda. Entenda o que mudou no cronograma elaborado para esse ano.

Cronograma restituição imposto de renda 2020

Em 2020, o prazo para os contribuintes entregarem a declaração de Imposto de Renda passou do tradicional dia 30 de abril para 30 de junho, em função da pandemia desencadeada pelo coronavírus.

Contudo, aqueles que possuem valores a restituir (que são aqueles provenientes de despesas dedutíveis ou de impostos recolhidos na fonte - pagos a mais - ao longo do ano que passou), devem se atentar para o cronograma de restituição do Imposto de Renda 2020.

Vale dizer, desde já, que o calendário para restituir não teve alteração nas datas, apesar da prorrogação do envio da declaração.

Para ter certeza se você é um dos contribuintes que possuem valores a receber de volta da Receita Federal, basta acessar o seu extrato, possuindo o código de acesso, que pode ser gerado no e-CAC.

Com o código em mãos, acesse o Centro Virtual de Atendimento e confira o status do seu processamento. Você também pode consultar pelo Receitafone, ligando para o número 146.

Se você verificar a mensagem “Em Fila de Restituição”, significa que você irá receber um valor de volta.

Agora que você já sabe como ter certeza se irá restituir algum valor, já podemos conhecer o cronograma de lotes da restituição 2020.

Consulta cronograma restituição 2020

A essa altura, você já sabe que o prazo final para prestar as contas com o governo foi prorrogado, certo?

A notícia boa é que os lotes para devolver os valores devidos aos contribuintes, ou seja, as datas programadas pelo governo, não mudaram.

Se a gente considerar tudo que está acontecendo no mundo, o Leão ofereceu essas duas vantagens para os contribuintes e agora é o momento de ficar atento aos depósitos, que ocorrem direto na conta corrente indicada no momento da declaração.

Geralmente, o governo paga todos os lotes em até sete ou oito meses. Esse ano, o calendário contempla cinco datas, o que significa outra vantagem, com menos meses de espera para os últimos a receberem.

Agora se você quiser receber a sua restituição da liberação dos lotes, que podem levar meses, continue lendo este artigo.

Também é importante destacar que o valor fica disponível para saque por um ano na sua conta, então vale correr para sacar e não precisar passar por todo um procedimento burocrático, caso deixe esse prazo passar.

Agora vamos ao que interessa?

As datas para restituição são as seguintes:

Cronograma restituição ir 2020

Como saber a data em que vou restituir?

Infelizmente, isso não dá para saber com certeza absoluta. Os lotes são programados seguindo alguns critérios desenvolvidos pelo governo, que são:

  • prioridades, como idosos, deficientes físicos e mentais, pessoas que tenham doença grave e professores cuja renda maior seja proveniente do magistério; e
  • conforme a ordem de entrega da declaração.

Assim, se você não se encaixar nos primeiros lotes, receberá o valor devido, conforme a data de envio da sua prestação de contas.

Como receber a restituição antes dos lotes?

Agora que você já sabe como estão disponibilizados os lotes para restituição, mas tem pressa em receber o valor que já calculou, saiba que você pode antecipar a restituição através da plataforma da Leoa, podendo receber na sua conta corrente em até 48h.

O que você achou do post?

5 Respostas

Deixe seu comentário