Como consultar a restituição do Imposto de Renda?

Conheça duas maneiras de consultar a restituição do seu Imposto de Renda e programe o que será feito com o depósito da Receita Federal.

Consulta restituição imposto de renda 2020

Ao declarar o Imposto de Renda, boa parte da população brasileira tem direito a restituição do tributo. Nesses casos, ao apurar a declaração do contribuinte, a Receita Federal entende que o cidadão em questão pagou mais impostos do que deveria durante o ano-calendário da declaração e, por isso, paga a diferença.

O contribuinte que tem direito a restituição do Imposto de Renda, receberá o valor do reembolso direto em sua conta corrente ou poupança especificada no momento da declaração, via depósito realizado pela Receita Federal.

Para aumentar a probabilidade de receber um valor mais alto na restituição do IR 2020, o indicado é declarar a maior quantidade possível de despesas dedutíveis - ou seja, gastos que podem ser abatidos da base de cálculo do Imposto de Renda.

Para facilitar a sua declaração e possibilitar a sua restituição, reúna todos os seus gastos com saúde, educação, previdência privada, dependentes e INSS. Essas são as principais despesas dedutíveis que devem ser, de maneira detalhada, incluídas na sua declaração.

Depois disso, caso haja saldo a receber, basta acompanhar a situação da sua restituição e esperar o depósito da Receita.

Como consultar a restituição do Imposto de Renda?

A consulta do processo de restituição da Receita Federal pode ser feita de duas maneiras:

1.  Site da Receita Federal

Para consultar a restituição do IR pelo site da Receita Federal, será preciso entrar na página do serviço da restituição, lá será preciso informar CPF, data de nascimento e preencher os caracteres do código verificador que aparecerá - o ano do exercício da declaração já estará configurado na página.

Lembrando que para acessar a página não é necessário inserir os separadores de números, como pontos, barras e traços, além disso, ao preencher sua data de nascimento, informe dois algoritmos para o dia e para o mês e quatro para o ano.

Depois disso, basta clicar em “Avançar” e consultar o "Status da sua Restituição", caso seu envio ainda esteja pendente, a seguinte mensagem aparecerá: “Sua Declaração não Consta na Base de Dados da Receita Federal".

2.  Aplicativo de Pessoa Física

Até 2015, era possível inserir um número celular durante a declaração do Imposto de Renda para receber um SMS quando a restituição fosse liberada. No entanto, essa alternativa foi substituída pelo serviço do aplicativo Pessoa Física.

Para usufruir das funções do aplicativo, será necessário instalar o app em seu celular - Android ou iOS - inserir CPF, o ano da declaração da restituição e direcionar-se ao menu “Consulta Restituição”.

Caso o pagamento do reembolso ainda estiver pendente, aparecerá uma estrela - para ver mais detalhes será preciso clicar sobre ela. Se a restituição tiver sido paga, aparecerá a mensagem: “restituição enviada para o banco”.

Além disso, com o aplicativo instalado no celular, o contribuinte também receberá uma notificação quando a restituição for liberada para saque e poderá realizar outras ações relacionadas ao IRPF.

Como consultar a data de restituição do meu IR 2020?

Para que o contribuinte se prepare e tenha uma previsão de quando o seu dinheiro cairá na conta, a RF divulga - anualmente - as datas previstas para os depósitos do reembolso.

Isso ocorre, pois o pagamento da diferença do Imposto de Renda é feito em lotes - ou seja, a restituição é depositada mensalmente durante o ano da declaração vigente. Confira, abaixo, a previsão dos depósitos dos lotes da restituição do IR 2020:

  • 1º lote: 29 de maio de 2020;
  • 2º lote: 30 de junho de 2020;
  • 3º lote: 31 de julho de 2020;
  • 4º lote: 31 de agosto de 2020;
  • 5º lote: 30 de setembro de 2020.

Cronograma pagamento restituição 2020

Vale lembrar, ainda, que os primeiros lotes são pagos de maneira prioritária para pessoas com mais de 80 e 60 anos, portadores de deficiência física ou doenças graves e contribuintes cuja principal fonte de renda seja o magistério.

Depois disso, a prioridade é direcionada às datas de envio das declarações - ou seja, quanto antes você encaminhar sua declaração, mais cedo você receberá sua restituição, certo?

Por isso, fique atento, pois o período da declaração do IR deste ano iniciou no dia 2 de março de 2020, Corra para deixar tudo organizado e declarar logo nos primeiros dias, ok? Dessa maneira, basta consultar a restituição do Imposto de Renda e ficar de olho na chegada do seu reembolso.

Como antecipar a restituição de IR?

Se você entregou a declaração de Imposto de Renda e não quer esperar a liberação da sua restituição pelos lotes do Governo Federal, uma opção para antecipar o recebimento desse direito, é através da Assistente Virtual Leoa.

Além de auxiliar no próprio processo de envio da declaração, gratuitamente, é possível ainda solicitar a antecipação da sua restituição de IR, onde você receberá o dinheiro na sua conta, em no máximo 48 horas.

O que você achou do post?

14 Respostas

Deixe seu comentário