Cronograma de pagamento da Restituição do Imposto de Renda

Consulte o calendário dos lotes da restituição de Imposto de Renda 2020 para saber quando foi liberada a sua restituição!

O Brasil é um dos países que mais paga Imposto de Renda, de maneira que algo como a restituição torna-se um dos mais importantes tópicos para os contribuintes. Afinal, a restituição do Imposto de Renda é um valor que você tem direito de receber de volta por ter pago a mais para a Receita Federal antes.

É essencial prestar atenção na consulta da restituição de IR e também no calendário dos lotes de restituição disponibilizados.

Para quem fez a declaração dentro do prazo e já sabe que tem um valor a ser restituído, basta conferir o calendário nesse texto para saber em qual dos sete lotes foi liberada a sua restituição. 

Quem pode receber a restituição do Imposto de Renda?

Quem pagou Imposto de Renda a mais durante o ano de terá o direito de receber a restituição do que foi pago a mais. Quem tem deduções, dependentes e despesas médicas, com certeza terá um bom valor a ser recebido.

Assim, todos os contribuintes que fizeram a declaração de renda dentro do prazo e de maneira correta terão o direito de receber sua restituição - e quanto mais cedo entregaram a declaração, mais cedo receberão a restituição.

Quando vou receber minha restituição?

O calendário de restituição é definido pelo Governo Federal e pelo Ministério da Fazenda, tendo início em 29 de maio e final em 30 de setembro. Foram cinco lotes no total, iniciando pelo prioritário para idosos, deficientes físicos e mentais, professores e os demais por ordem de entrega da declaração do Imposto de Renda no prazo vigente.

O contribuinte terá até um ano para resgatar a sua restituição na conta bancária indicada no momento da declaração. Caso esse dinheiro não seja acessado, após um ano ele volta para a Receita Federal.

Quando vou receber minha restituição? 

cronograma restituição imposto de renda

Para quem já fez ou vai fazer a declaração de 2020 dentro do prazo (que foi prorrogado para 30 de junho, devido à pandemia do coronavírus) e já sabe que tem um valor a ser restituído, basta esperar para saber em qual dos cinco lotes será liberada a sua restituição.

Em 2020, a Receita Federal vai liberar o pagamento da restituição em apenas cinco lotes, divididos entre os meses de maio e setembro de 2020.

Datas do calendário da restituição 2020:

1º lote: 29 de maio

2º lote: 30 de junho

3º lote: 31 de julho 

4º lote: 31 de agosto 

5º lote: 30 de setembro 

É possível antecipar a restituição do Imposto de Renda?

Além de ter o direito de receber a restituição, também existem maneiras de antecipar o recebimento desse dinheiro. Ao invés de esperar vários meses (até porque você só consegue descobrir o lote em que você está cerca de uma semana antes da liberação dele), é muito fácil antecipar a restituição Imposto de Renda com a Leoa.

Em apenas 48 horas você já estará com o valor em mãos, através de um cartão disponibilizado pela plataforma, para utilizar como quiser.

Qual a prioridade de recebimento da restituição de IR?

O primeiro lote da restituição IR é apenas para quem tem prioridade, independente da ordem em que entregou a declaração. E essas pessoas são:

  • idosos acima de 80 anos (prioridade máxima);
  • idosos acima de 60 anos;
  • deficientes físicos ou mentais;
  • pessoas com doenças graves;
  • professores (cuja principal renda é o magistério).

Como consultar a restituição do Imposto de Renda?

consulta restituicao de ir

Na hora que você envia sua declaração, já é possível verificar se você tem uma restituição a receber ou se você está devendo impostos. Para verificar a sua restituição e o valor a ser recebido, acesse o site da Receita Federal (ou o aplicativo disponível para dispositivos móveis) e procurar a aba referente à restituição.

Se durante o ano você teve gastos com médicos, escolas e se você tem dependentes, você já pode ter certeza de que terá um valor a ser restituído.

Até quando está disponível a restituição?

Após liberado o seu lote da restituição de Imposto de Renda, o valor ficará disponível na conta do banco declarado por até um ano. Após esse ano, se o dinheiro não for resgatado pelo contribuinte, ele irá retornar para a Receita Federal.

O que você achou do post?

13 Respostas

Deixe seu comentário