Canal da Leoa

Tudo sobre Imposto de Renda

Conteúdo grátis com qualidade sobre IR

Como atualizar meus dados na Receita Federal?

Sabia que atualizar os dados na Receita Federal é mais fácil do que você imagina? Fizemos um passo a passo para explicar como regularizar seu CPF.

Atualizar dados receita federal

Atualizar dados na Receita Federal é um serviço gratuito e pode ser feito pela internet, no site do órgão. O serviço fica disponível 24 horas por dia, inclusive nos finais de semana e feriados. Tanto brasileiros quanto estrangeiros residentes no Brasil podem usar o serviço.

Para atualizar qualquer dado cadastral do seu CPF, seja nome, telefone ou endereço, por exemplo, o contribuinte deve apenas preencher um formulário eletrônico. Entretanto, só é possível fazer a atualização pelo site se o CPF estiver suspenso.

Onde atualizar cadastro na Receita Federal

Além de suspenso, seu CPF também pode estar bloqueado ou cancelado. No primeiro caso, é preciso regularizar situações pendentes em alguma declaração de Imposto de Renda emitida, por exemplo. Isso pode ser resolvido com uma declaração retificadora ou presencialmente.

Já o segundo caso acontece quando existe algum tipo de duplicidade do documento, que deve ser ajustada diretamente em uma unidade da Receita Federal.

É possível consultar a situação do seu CPF também no site da Receita Federal. Se o seu caso se trata de CPF suspenso, basta acessar uma área específica do site do Leão, criada somente para a consulta e regularização do documento, chamada “Meu CPF”.

Ao acessar essa área, você pode regularizar pendências de documentos suspensos e também fazer a alteração de dados cadastrais no CPF ou mesmo complementar suas informações pessoais.

Como alterar o cadastro do CPF pela internet

Para facilitar, montamos um passo a passo do que precisa ser feito para regularizar seu cadastro de CPF pela internet:

  1. Acesse a área “Meu CPF”, que também aparece já na tela inicial do site oficial da Receita Federal.
  2. Na tela que abrir, você verá alguns serviços em destaque. Escolha o serviço “Atualizar CPF”.
  3. Depois disso, vão aparecer informações básicas sobre o que deve ser feito para realizar esse processo. Em “Etapas para realização desse serviço" estarão observações gerais e informações sobre documentos.
  4. Ainda na mesma página, mais abaixo, é possível encontrar a caixinha de “Canais de Prestação”. Depois de clicar nela, selecione o serviço “Web: Regularizar CPF que esteja suspenso”.
  5. Na nova tela, digite os dados necessários. Os campos “Nome" e "Nome da Mãe" devem ser preenchidos exatamente como aparecem na Certidão de Nascimento ou Certidão de Casamento.
  6. Por fim, com todos os dados solicitados preenchidos corretamente, clique em “Enviar”.

Não é comum, mas vale lembrar que a Receita Federal pode pedir para que você compareça em uma unidade do órgão após o pedido de regularização do CPF suspenso.

Você também pode regularizar o CPF pelo aplicativo "CPF Digital", disponível na loja de aplicativos do seu smartphone.

Como agendar na Receita Federal para atualizar o CPF

Se o seu caso for de CPF bloqueado ou cancelado, ou se não conseguir regularizar seu CPF suspenso pelo site ou for chamado, pode ser necessário comparecer presencialmente em uma unidade da Receita Federal. Nesse caso, será preciso também agendar um horário.

Para isso, baixe o aplicativo "Agendamento" da Receita Federal, pois o agendamento pode ser feito por ele. Você pode selecionar o serviço que deseja - regularizar CPF - e escolher a unidade mais próxima de você, que atenda o serviço escolhido. Também não precisa fazer nenhum cadastro: é só informar CPF ou CNPJ.

Também é possível sincronizar o horário escolhido com a sua agenda pessoal, bem como compartilhar data e horário em outras mídias, além de visualizar no mapa onde fica a unidade de atendimento escolhida.

Além de atualizar dados na Receita Federal, outras atividades que podem ser realizadas por meio de atendimento presencial com o Leão são:

  • Consultar dívidas e pendências de MEI e de pessoa física.
  • Emitir documentos de arrecadação que não puderam ser gerados pela internet.
  • Entregar recursos, defesas, requerimentos, enfim, documentos em geral que não puderam ser enviados pela internet.
  • Obter cópia de declaração de Imposto de Renda e dos rendimentos informados.
  • Parcelar dívidas que não puderam ser parceladas pela internet.
O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário

Caiu na malha fina? Saia agora!

Resolvemos o seu problema em até 30 dias.

SAIR DA MALHA FINA