Canal da Leoa

Tudo sobre Imposto de Renda

Conteúdo grátis com qualidade sobre IR

Como declarar ações no Imposto de Renda 2022

Toda movimentação que você tenha feito na Bolsa de Valores deve ser declarada para o Leão. Mas não se preocupe: com as nossas dicas, você vai declarar ações no IR 2022 sem problemas!

Declarar ações ir 2022

Quem realiza investimentos na Bolsa de Valores precisa ter atenção total a todos os movimentos do mercado de ações para garantir bons resultados no futuro, mas também precisa ficar de olho no Imposto de Renda.

Não cumprir com as obrigações exigidas pela Receita Federal também pode levar a prejuízos que você certamente não vai querer na sua carteira de investimentos.

Se você já fez a pergunta “preciso declarar ações no Imposto de Renda?”, pode ter certeza que está no caminho certo, pois essa é uma dúvida relevante e que merece boas respostas.

Por isso, neste artigo explicamos tudo o que você precisa saber sobre como declarar ações no IR 2022 para garantir que suas operações não estejam em desacordo com o Leão, evitando perdas.

Acompanhe!

Como lançar ações no Imposto de Renda: definições importantes

Antes de começar, precisamos deixar dois pontos bem claros:

  1. Toda movimentação na Bolsa de Valores precisa ser informada na declaração anual do Imposto de Renda, mesmo que você não se encaixe em nenhuma outra regra da Receita Federal que obrigue a declarar o IR.
  2. Apesar da declaração ser obrigatória, não importando o valor operado e nem se existiu lucro ou prejuízo, isso não significa que você tem Imposto de Renda a pagar: apenas se vendeu mais de R$ 20 mil em ações por mês e obteve lucro é que precisará recolher o tributo em todos os meses que ultrapassar esse valor, por meio do DARF sobre ações.

Importante: para operações swing trade, consideradas normais, a alíquota de imposto a ser paga é de 15% sobre o lucro. Já para operações day trade, não existe isenção e o valor do tributo é de 20% sobre o lucro, independentemente do valor negociado na Bolsa de Valores.

Como declarar ações no Imposto de Renda 2022

Assim, se você operou na Bolsa de Valores, precisa declarar o IR. Para ajudar, montamos um passo a passo de como fazer e detalhamos caso a caso.

1.  Reúna todos os comprovantes das suas movimentações

Ao declarar, tenha em mãos todos os dados relacionados às movimentações que você fez na Bolsa de Valores em 2021. Sem esses dados, você não conseguirá lançar as informações necessárias.

Para isso, você vai precisar pedir o informe de rendimentos para sua corretora de valores. É interessante também manter uma planilha com as suas operações ao longo do ano, para facilitar quando esse momento de declaração chegar. Anote compras, vendas, lucros, prejuízos, dividendos etc.

Além disso, reúna as notas de corretagem, bem como os comprovantes dos DARFs pagos mensalmente. Assim, você certamente terá todos os dados que serão solicitados antes de começar a declaração, sem ter que correr atrás de tudo isso depois que já tiver começado o preenchimento das informações.

2.  Verifique os lucros das suas ações

Você consegue verificar os lucros que teve ao calcular o preço médio das ações. Isso significa que a tributação é aplicada sobre a cotação de venda com desconto da corretagem e das taxas cobradas pela Bolsa de Valores. Você precisa fazer esse cálculo para cada ação negociada em 2021.

Por isso é importante ter os documentos com as informações detalhadas em mãos. Se você não fez esse cálculo mês a mês, não tem problema: por meio das notas de corretagem é possível encontrar o valor real dos lucros.

E não esqueça que você só deve verificar os lucros quando a venda das ações, exceto day trade, ultrapassar os R$ 20 mil mensais. Do contrário, não é necessário fazer esse cálculo.

3.  Baixe a plataforma para realizar a declaração

Baixe o programa para declarar o Imposto de Renda 2022 no site da Receita Federal para cumprir a obrigação por meio do seu computador ou notebook. Também é possível usar o aplicativo para celulares e tablets chamado Meu Imposto de Renda, disponível para Android e iOS.

Se quiser facilitar sua vida na hora de declarar, você também pode contar com uma plataforma intuitiva como a Leoa, para declarar de forma rápida, fácil e gratuita. Basta definir a forma de envio, se completa ou simplificada, e começar o preenchimento com ajuda da inteligência artificial.

4.  Preencha os dados das operações isentas

Primeiramente, informe todas as ações que não são tributáveis. Como já citamos, são as vendas mensais inferiores a R$ 20 mil, mas não só elas: também os dividendos.

Para declarar os ganhos isentos com a venda de ações, faça o seguinte:

  • Vá até a ficha "Rendimentos Isentos e Não Tributáveis".
  • Selecione o "Código 20 - Ganhos líquidos em operações no mercado à vista de ações negociadas em Bolsa de Valores nas alienações realizadas até R$ 20.000, em cada mês, para o conjunto de ações”.
  • Informe quem recebeu esses lucros não tributados, bem como o valor recebido.
  • Confirme a operação e repita até que tenha preenchido todos os meses com vendas de ações abaixo da isenção.

Já para declarar os dividendos recebidos, realize o seguinte caminho:

  • Também escolha a ficha “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis”.
  • Mas abra o “Código 5 - Lucros e dividendos recebidos pelo titular e pelos dependentes”.
  • Clique em "Novo".
  • Cite se os dividendos foram recebidos por titular ou dependente.
  • Digite o valor recebido e a fonte que pagou esses dividendos.
  • Repita esse mesmo processo até que todas as ações que pagam dividendos que estão na sua carteira de investimentos tenham sido incluídas.

5.  Informe as operações sujeitas à tributação

Para informar as operações tributáveis, existem dois caminhos: como já citado, temos as vendas mensais superiores a R$ 20 mil e as operações day trade, mas também os juros sobre capital próprio, que ao contrário dos dividendos, são tributáveis.

Para declarar as vendas tributáveis, sejam superiores a R$ 20 mil ou operações day trade, você precisa:

  • Ir até a ficha “Rendimentos Variáveis”.
  • Selecionar a opção “Operações Comuns/Day Trade”.
  • Escolher “Mercado à Vista” e, após, “Mercado à Vista - ações”.
  • Separar as operações comuns (swing trade) das operações day trade.
  • Digitar o valor do lucro ou prejuízo que teve em cada mês de operação. Nos meses que não operou, deixe R$ 0,00.
  • Para deduzir o prejuízo nas ações, caso tenha, vá em “Prejuízos a compensar”. Eles devem ser compensados no mês seguinte ao mês que você teve prejuízo e inseridos com o sinal de menos (-).
  • Repetir esse procedimento até ter declarado todos os meses operados.
  • Abrir o campo “Consolidação do Mês” e informar os valores recolhidos em cada mês. Tanto o “Imposto de Renda Retido na Fonte” quanto o “Imposto Pago por DARF mensal”.

Já para declarar juros sobre capital próprio, ou JCP, o passo a passo é:

  • Abrir a ficha “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva”.
  • Selecionar o "Código 10 - Juros sobre capital próprio”.
  • Digitar o nome do titular, o CNPJ de quem pagou e o valor recebido.
  • Repetir esse processo até incluir todas as ações das quais você tenha recebido juros sobre capital próprio.
  • Confirmar as informações clicando em "Ok".

6.  Informe ao Leão a existência das suas ações

Depois de declarar seus rendimentos de compra e venda em ações, você também precisa cumprir a etapa final, que é informar ao Leão todas as ações que você possui, sem importar se for do ano a ser declarado ou de anos anteriores.

Aqui o passo a passo funciona da seguinte forma:

  • Vá até a ficha “Bens e Direitos”.
  • Selecione o "Código 31 - Ações”.
  • Em “Discriminação”, digite o nome e o código da ação na Bolsa de Valores, a quantidade de ações que você tem e a data da operação. Informe também vendas parciais e a compra de mais ações, se existirem.
  • Cite sua posição nos últimos dois anos, anteriores ao ano de envio da declaração. No caso da declaração 2022, você deve informar sua situação em 31/12/2020 e em 31/12/2021.
  • Repita esse processo até que todas as ações da sua carteira de investimentos tenham sido citadas.

Ufa, já está suando só de ler os nossos passos?

Dica bônus!

Não é difícil declarar, mas trabalhoso. Por isso, uma dica final que queremos dar para simplificar a sua vida na hora de declarar ações no IR 2022 é contar com a Leoa+.

Com ela, apuramos seu Imposto de Renda na Bolsa de Valores e emitimos seu DARF, impedindo que você caia na malha fina por qualquer esquecimento na movimentação das suas operações. Também enviamos dicas, todos os meses, para você economizar no IR, por meio de um relatório com as operações mais indicadas para investir.

Por fim, sua declaração de Imposto de Renda também pode ser feita pela plataforma, já que todos os dados sobre suas ações que são necessários para tal estarão salvos ou, se preferir, você pode enviar o relatório já completo para a sua contabilidade!

O que você achou do post?

4 Respostas

Deixe seu comentário

Cálculo automático do
Imposto de Renda dos
seus investimentos

Compre e venda sem medo de cair na Malha Fina.

começar agora