Como declarar seu plano de saúde no Imposto de Renda

Descubra como e onde deve ser declarado seu plano de saúde no Imposto de Renda.

Declarar plano de saúde imposto de renda

Você têm ocorrências de saúde frequentes e por isso optou por um plano que cubra, pelo menos, metade dos seus gastos com o seu bem-estar e o da sua família? Muito bem. Agora chegou o momento de declará-lo no seu Imposto de Renda.

De antemão, saiba que se você arca integralmente ou parcialmente com seu plano de saúde, é necessário informar a contratação desse serviço na declaração, mas não se preocupe, estamos aqui para te mostrar como declarar seu plano de saúde no Imposto de Renda de 2020.

No entanto, antes disso, entenda um pouco mais sobre os tipos de planos de saúde e descubra em qual situação você estará isento de declara-lo em seu Imposto de Renda.

Como declarar Plano Individual e Empresarial

Muitas pessoas optam por aderir a um plano de saúde corporativo ao invés de um plano de saúde individual. Visto que o plano empresarial, muitas vezes, é concedido aos colaboradores como um benefício, um tipo de diferencial para manter os empregados na empresa por mais tempo.

Nessa perspectiva, geralmente, o empregador acaba por arcar com o plano de saúde dos colaboradores de maneira parcial ou, ainda, de modo integral.

Assim sendo, se a empresa resolver arcar com todo o custo pelo plano de saúde, o contribuinte estará desobrigado de declará-lo, no entanto, caso pague parcialmente, será preciso informá-lo, da mesma forma, na declaração de Imposto de Renda.

Nesses casos, apenas deverá ser declarada a parte que sai do bolso do colaborador, ok? O restante, portanto, deve ser mencionado na declaração da organização.

O plano de saúde individual, por sua vez, é aquele contratado pessoalmente, em contato com operadoras do serviço. Nesse caso, o contratante deve informar o valor integral do plano e não está isento de inseri-lo em sua declaração.

Como declarar meu plano de saúde?

Antes de sanar suas principais dúvidas sobre o assunto, é preciso esclarecer que o plano de saúde no Imposto de Renda apenas é dedutível quando o modelo de declaração for a completa, certo? A sua é? Então continue por aqui para aprender onde e como inserir a contratação do serviço.

Onde preencher as despesas com saúde?

Para declarar seu plano de saúde é preciso inseri-lo na ficha de “Pagamentos Efetuados”, código 26, disponível no momento da declaração.

Como preencher?

É preciso declarar todos os custos com o plano na ficha citada, além disso, é necessário informar o CNPJ e o nome da operadora contratada ou da empresa na qual você trabalha, o valor pago e as parcelas reembolsadas.

Depois disso, também é preciso informar os gastos com os dependentes e alimentandos, se esse for o caso.

Os valores pagos podem ser informados pela operadora contratada ou por sua empresa - caso o seu plano de saúde seja o empresarial.

Além disso, mesmo que os gastos com o plano sejam dedutíveis, as parcelas reembolsadas não são, entendido? Embora, devam ser informadas.

As informações sobre os reembolsos devem ser anexadas também no campo “Pagamentos Efetuados”, mas não junto ao item plano de saúde. Estas devem ser adicionadas no campo referente ao gasto em si, pois fazem parte da categoria “despesas com saúde”.

Lá será necessário informar, também, as informações do prestador do serviço, valor pago e o valor da parcela reembolsada em “parcela não dedutível/valor reembolsado".

Por fim, não esqueça de guardar todos os comprovantes, como recibos e notas fiscais das despesas dedutíveis, pois elas serão requeridas caso você precise comprová-las na Receita Federal, combinado?

Agora que você aprendeu como declarar seu plano de saúde no Imposto de Renda e não terá dificuldades no seu preenchimento, basta aproveitar os benefícios que um bom plano pode lhe trazer.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário