Qual a maneira mais fácil de declarar Imposto de Renda?

Quer conhecer a maneira mais fácil de declarar seu Imposto de Renda, de forma gratuita e sem sair de casa? Dá um pulinho aqui!

Declarar ir maneira fácil

Estamos no período de envio das declarações do Imposto de Renda 2020 e se você está lendo esse texto, provavelmente, é porque ainda não enviou a sua declaração ou não encontrou um jeito descomplicado para realizá-la, certo?

E se lhe falassem que existe um jeito mais fácil, democrático e, ainda, gratuito para você preencher e enviar a sua declaração dentro do prazo, sem ser pelo programa do governo, você acreditaria?

A Leoa é a única plataforma apta pela Receita Federal a receber a sua declaração do Imposto de Renda. O programa funciona como uma assistente virtual que descomplica termos difíceis, facilitando o preenchimento do documento e auxiliando o contribuinte durante todo o processo.

A inteligência artificial da plataforma lhe ajuda a declarar o seu IR sozinho, sem precisar de um contador ou fazer uso do software complicado do governo. A Leoa é uma plataforma intuitiva e preparada para facilitar o processo, possibilitando, assim, o aumento da sua restituição.

Ficou curioso para conhecer como funciona a plataforma?

Confira o passo a passo para declarar o seu tributo pela Leoa

1.  Faça seu cadastro na plataforma

O primeiro passo para usufruir dos benefícios da Leoa é realizar o seu cadastro, gratuito, na plataforma. Para isso, será necessário criar sua conta, informando nome completo, e-mail, telefone e senha de preferência. Depois disso, basta ler e concordar com os termos de privacidade e pronto.

Cadastre-se AGORA MESMO e declare seu IR facilmente

Declarar imposto de renda

2.  Inicie sua declaração

Quando seu cadastro for liberado, faça login no sistema da Leoa inserindo seu e-mail e senha apresentados no momento do cadastro. Depois disso, clique em “Iniciar minha declaração” e inicie sua jornada com a ajuda da assistente virtual da plataforma.

Inicie sua declaração

3.  Importe sua declaração anterior

O terceiro passo será informar à Leoa se você declarou ou não o IR no ano 2019, se a resposta for sim, você poderá importar as informações da declaração anterior - caso você possua o arquivo DEC da última declaração - arrastando o arquivo do ano passado para a plataforma da Leoa, facilitando, assim, ainda mais o processo.

Se a resposta for não ou você não possuir o arquivo referente à última declaração, a Leoa irá auxiliá-lo no processo desde o início - começando do zero.

Importe sua declaração

4.  Preencha seu perfil

O quarto momento será inserir seus dados pessoais ou, ainda, os dados do contribuinte para o qual você esteja preenchendo a declaração.

Nesse momento, será solicitado:

  • nome completo;
  • e-mail;
  • número para contato;
  • estado civil - referente ao ano de 2019;
  • nome da mãe;
  • número de inscrição do título de eleitor;
  • dependentes - caso haja;
  • data de nascimento;
  • número do CPF;
  • residência no ano de 2019 - Brasil ou exterior;
  • atividade exercida em 2019 - exemplo: assalariado, aposentado;
  • se você foi inventariante no ano de 2019;
  • se você ou algum de seus dependentes possui doença grave ou deficiência mental.

Depois disso, a Leoa pedirá para que você revise o seu perfil para confirmar se as informações apresentadas estão corretas e não houve nenhum equívoco - cuidado que será tomado durante todo o processo.

Além disso, fique tranquilo em relação aos seus dados, pois a Leoa tem sua infraestrutura armazenada na nuvem e possui criptografia de dados, proporcionando, por isso, segurança à sua declaração.

Preencha seu perfil

5.  Preencha as informações de seus dependentes

Dependentes são as pessoas que dependem da sua renda para viverem. Nessa categoria você poderá declarar, por exemplo, filhos, cônjuges, pais, avós, pessoas incapazes ou sob sua tutela.

Para inseri-los na declaração do IR pela Leoa, preencha seu nome completo, a relação que você possui com o determinado dependente, CPF e a data de nascimento dele, além disso, informe se ele é capaz ou incapaz mentalmente ou fisicamente e, ainda, se possui doença grave ou deficiência mental.

Nesta seção, será necessário, da mesma forma, informar se você pagou ou não pensão alimentícia no ano de 2019, por meio de decisão judicial, acordo homologado judicialmente ou escritura pública.

Depois disso, repita a ação até mencionar todos os seus dependentes. Confira os dados das pessoas mencionadas e edite informações, caso seja necessário.

Preencha informações de dependentes

6.  Informe Bens e Investimentos

No primeiro momento, você será questionado sobre os seus bens, se você ou algum dependente possui veículos. Nessa etapa, será necessário responder qual tipo de veículo você possui: moto, carro, caminhão.

Caso possua o veículo, será necessário, também, responder se ele está localizado no Brasil ou no exterior. Depois disso, descrever o veículo (ano, modelo, proprietário) e o seu valor em 2018 e 2019 - se não souber essas informações, a Leoa lhe ajuda.

Depois disso, será preciso passar pelo mesmo processo caso tenha mais veículos. O mesmo deve ser feito caso você ou seus dependentes possuírem um ou mais imóveis. Também será preciso informar se você teve renda com o aluguel de algum dos imóveis mencionados.

No segundo momento, informe se você ou seus dependentes possuem contas correntes ou conta em corretoras, se elas são contas feitas no Brasil ou no exterior e quais as instituições financeiras são as responsáveis por movimentar o seu dinheiro.

Logo, informe os seus rendimentos - no início do ano e no fim de 2019. É possível conseguir essas informações com o seu banco. Repita a operação até cadastrar todas as contas.

Será preciso, da mesma forma, responder se você ou seus dependentes possuem dinheiro em espécie, aplicação em renda fixa, ouro, aplicações em bolsa de valores e outros tipos de investimentos.

Além de informar se possuem jóias ou objetos de arte, bens de atividade profissional ou bens móveis, dentre outros - também será preciso apontar se algum desses bens foi vendido no ano-calendário da declaração, acrescentando mais algumas informações se a resposta for afirmativa.

Qual tipo de imóvel possui

7.  Informe seus rendimentos

Esse é o momento de preencher da onde vem o seu dinheiro, se for de um vínculo empregatício, identifique sua empresa e os valores recebidos. Se for empresário ou sócio de empresa, será necessário, igualmente, identificar os rendimentos que obteve referente ao seu negócio.

Se você é um profissional autônomo e fez pagamentos por meio do carnê-leão, esse também é o momento de declará-lo.

Se você recebeu outros rendimentos, será preciso mencioná-los nessa sessão, como aposentadoria e renda de trabalho não assalariado. Além disso, se alguém da sua rede de dependentes obteve bolsa de estudos - entre outros - será necessário, do mesmo modo, sinalizar.

Informe seus rendimentos

8.  Informe suas despesas

O oitavo passo será declarar suas despesas e as de seus dependentes. Essa é a hora de aumentar a sua restituição, por isso, a Leoa pede a maior quantidade de informações comprovadas que você possui, certo?

Organize seus recibos e notas fiscais para o preenchimento de suas despesas médicas, com dentista, psicólogos, terapeuta ocupacional, fisioterapeutas, fonoaudiólogo, hospitais, clínicas, laboratórios e plano de saúde durante o ano-calendário da declaração.

Depois disso, informe suas despesas com educação, caso houver - educação básica e ensino superior são dedutíveis no Imposto de Renda, assim como as despesas com saúde citadas.

As despesas com previdência complementar, aluguéis, advogado, profissionais liberais, arrendamento rural, carnê INSS, se existentes, também deverão ser fornecidas.

Lembre-se de que as despesas citadas apenas poderão ser inseridas e - quando dedutíveis - abatidas, se você possuir o recibo com o nome, CPF ou CNPJ do profissional provedor do serviço e sua assinatura, assim como os valores exatos gastos em cada consulta, por exemplo.

Ficou chateado por que não conseguirá deduzir muitas despesas referentes ao ano-calendário 2019? Então, conte com a Leoa para armazenar os documentos comprobatórios deste ano, assim você poderá deduzi-los no ano seguinte.

Qual serviço prestado

9.  Informe suas dívidas

Depois de declarar suas despesas, chegou o momento de declarar suas dívidas - aquelas feitas no ano de 2019. Portanto, se você contratou ou pagou empréstimos pessoais, créditos consignados ou outros será necessário mencioná-los aqui, assim como os detalhes da dívida obtida ou paga durante o ano anterior.

Informe suas dividas

10.  Especifique doações

Se durante o ano-calendário da declaração você realizou doações para pessoa física, partido político, entidades, fundos ou incentivos, será necessário informá-las na declaração do seu tributo 2020 - doações feitas em 2019 das quais você possui recibo.

Especifique doações

11.  Revise sua declaração

Esse é o momento de rever todas as informações postas em sua declaração, lembre-se de dedicar tempo e atenção necessários para não deixar nenhum detalhe passar batido.

Se a inteligência artificial da Leoa reconhecer pendências ou incoerências que precisam ser revisadas, você será alertado pela plataforma e deverá arrumá-las antes de encaminhar sua declaração final.

12.  Envie seu Imposto de Renda 2020

Por fim, o comprovante de envio da sua declaração será gerado automaticamente e você poderá realizar o download do seu recibo ou mantê-lo arquivado na plataforma. Fácil assim.

Por que é mais fácil declarar pela Leoa?

A plataforma da Leoa é simples, intuitiva e segue o passo a passo descrito acima - em uma ordem cronológica e prática.

Assim, não é preciso, por exemplo, saber exatamente como e onde deve ser declarado cada item que deve ser mencionado na declaração do Imposto de Renda, basta informar o que cada etapa sugere e avançar.

A declaração, pela plataforma Leoa, também poderá ser pausada e retomada assim que desejado, por isso, não se preocupe com o momento perfeito para iniciar a sua declaração, declare no seu tempo - mas, esteja atento ao prazo final, que era 30 de abril, mas foi prorrogado para 30 de junho, devido ao coronavírus.

A assistente virtual da Leoa torna legíveis as etapas necessárias para envio da obrigação legal, conduz o preenchimento da declaração e apresenta uma explicação breve de cada etapa, fornecendo opções e imagens para facilitar o entendimento das perguntas padrões para o envio da declaração.

Por isso, que tal declarar o seu Imposto de Renda 2020 de maneira fácil, gratuita e sem sair de casa? Aproveite, pois agora você tem a solução e o passo a passo para realizá-la.

O que você achou do post?

7 Respostas

Deixe seu comentário