Como fazer a declaração de IR sem a ajuda de um contador?

Declarar Imposto de Renda pode parecer complicado, ou mesmo, trabalho que precisa do auxílio de um contador. Mas saiba que é possível realizar a declaração sozinho, ainda mais com essas dicas.

Declaração do ir sem a ajuda de contador

A declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), ou também chamada de Leão, acontece anualmente e pode ser comum o pensamento de que essa é uma tarefa muito complicada de se fazer.

Contudo, com um pouco de organização e de pesquisa sobre o assunto, qualquer contribuinte consegue realizá-la. No entanto, vale frisar que não são todas as pessoas que devem informar seus rendimentos ao Leão.

Por obrigação, apenas aqueles que alcançam uma determinada renda ou se encaixam numa determinada categoria que declaram imposto.

Desse modo, antes de saber como fazer Imposto de Renda sozinho, sem ajuda de um contador, é melhor conferir se você está na lista dos obrigados a declarar. Depois disso, é só seguir o nosso passo a passo.

Em seguida, você entenderá:
• o que é Imposto de Renda
• quem deve declarar o IR
• como declarar Imposto de Renda sem contador

O que é Imposto de Renda

Para aqueles que não estão familiarizados com o termo, o Imposto de Renda é um tributo federal sobre a sua renda anual que, além disso, acompanha seu balanço patrimonial.

Para isso, é necessário fazer uma declaração de ajuste anual, somando tudo que você ganhou e adquiriu ao longo do ano. E, se necessário, efetuar o pagamento do imposto para a Receita Federal.

Quem deve declarar o IR

Estão obrigadas a declarar o Imposto de Renda, as pessoas que:

  • receberam renda tributável (salário, por exemplo), de janeiro a dezembro, maior que R$ 28.559,70;
  • tiveram rendimentos isentos e não tributáveis ou tributados na fonte maiores que R$ 40 mil;
  • realizaram atividade rural com rendimento superior a R$ R$ 142.798,50;
  • venderam um bem que gerou algum lucro;
  • o conjunto de seus bens equivale a uma soma maior que R$ 300 mil;
  • moravam no exterior e retornaram ao país, independentemente, de seus rendimentos.

Passo a passo para declarar Imposto de Renda sem contador

1.  Guarde os documentos que comprovam suas despesas

Para quem declara Imposto de Renda, é imprescindível ter documentos que comprovem despesas com saúde, educação, impostos, bens em seu nome e afins. Isso diminuirá a quantidade de IR a pagar!

2.  Faça uma lista das suas fontes de renda

O segundo passo é anotar todas as suas fontes de renda: emprego, venda de bens, ganho em ações para não esquecer nada na hora de declarar suas rendas tributáveis ao Leão. No caso desses tipos de renda, é necessário apurar o imposto devido na época em que incorre o rendimento, no aplicativo ganhos de capital, por exemplo.

3.  Solicite o informe de rendimentos nas empresas que trabalhou

Para comprovar sua renda, você pode solicitar um informe de rendimentos nas empresas que trabalhou de janeiro a dezembro do ano referente a declaração.

4.  Solicite no banco um extrato do Imposto de Renda

Outra forma de comprovar sua renda tributável, é apresentando um extrato de IR dos bancos que você utiliza, normalmente, você consegue emiti-lo pelo internet banking. Caso não seja possível, é só pedir na sua agência.

5.  Não esqueça dos seus dependentes

Se você tem dependentes, não esqueça de apresentar os rendimentos e despesas deles na sua declaração, os documentos serão os mesmos que você utilizou para comprovar suas despesas e rendimentos.

6.  Separe os rendimentos não tributáveis

Importante lembrar que rendimentos não tributáveis como: herança recebida, doações e FGTS também precisam ser apresentados ao Leão. Então, separe esses documentos.

7.  Baixe o programa da Receita Federal

Todo ano, normalmente no início, a Receita Federal disponibiliza o programa de declaração do Imposto de Renda atualizado. Esse é um programa relativamente simples e basta seguir as instruções para utilizá-lo.

Você deve baixá-lo e aconselhamos que não deixe para os últimos dias, pois com um fluxo maior de pessoas, o site pode ficar mais lento e complicado de fazer o download.

Depois que obtiver o programa, siga as instruções atentamente, de acordo com todos os documentos que você separou. Vale lembrar que o “Help” do site da Receita Federal é bastante útil, caso necessário.

Lembre-se: é crime omitir ou manipular quaisquer valores ou informações, podendo render multas e outras graves sanções. Por isso, seja transparente e faça tudo com muita atenção.

8.  Conte com a ajuda de um sistema gratuito

Você pode conseguir ajuda online, gratuitamente, para fazer o Imposto de Renda. A Leoa é uma assistente virtual que te guia durante a declaração, auxiliando não só no processo de apresentar a documentação ao Leão, como também, em algumas maneiras de você se beneficiar com a declaração.

Seguindo esse passo a passo, você conseguirá fazer sua declaração do IR no conforto da sua casa, via internet, de forma correta e economizar, já que um contador costuma cobrar razoavelmente bem para fazer a declaração de Imposto de Renda.

O que você achou do post?

30 Respostas

Deixe seu comentário