Como declarar crédito em conta corrente no Imposto de Renda

Todos os contribuintes que possuem conta corrente precisam informar a movimentação da mesma no Imposto de Renda. Entenda como.

Como declarar conta corrente imposto de renda

Os contribuintes precisam saber como declarar conta corrente no Imposto de Renda, pois quase todo brasileiro possui uma conta - e a Receita Federal precisa acompanhar as movimentações realizadas na mesma, ao longo do ano-calendário.

É que quando se fala em conta corrente, estamos tratando de dinheiro, em si. E toda a movimentação em espécie também precisa ser declarada, e vamos ensinar como, a seguir.

Antes de mais nada, vale destacar: apenas contas correntes que possuem valor de saldo igual ou superior a R$ 140 precisam ser declaradas, mas, como sempre falamos por aqui, é importante que todas as contas sejam informadas, para evitar cair na malha fina.

Como declarar saldo em conta corrente no Imposto de Renda

A declaração do seu saldo é muito fácil e, da mesma maneira que outras informações repassadas para a Receita Federal, o contribuinte precisa solicitar (ou pegar no site ou app do seu banco) o informe de rendimentos.

O informe de rendimentos merece destaque especial, pois é o documento que vai conter todas as informações necessárias para enviar a declaração, pelo software da Receita Federal. Os bancos começam a liberar o documento já no início do ano da declaração, para garantir o completo movimento realizado na conta.

Inclusive, no informe de rendimentos, constará todos os valores das movimentações, então não é preciso se preocupar muito como declarar depósito em conta corrente no Imposto de Renda, pois o que vale mesmo é o saldo.

Para declarar, então, o seu saldo, basta encontrar a ficha "Bens e Direitos" e selecionar conta corrente brasileira, através do código 61, ou no exterior, através do código 62.

Como declarar conta corrente no exterior no Imposto de Renda

Para que o seu envio seja bem honesto, é importante informar:

  • O valor do saldo, na moeda oficial do País da conta;
  • O banco;
  • Número da conta corrente;
  • Detalhes do câmbio: contrato, valor e paridade na data do envio.

Isso prova que o contribuinte não está tentando omitir nada do Leão, uma vez que está disponibilizando todas as informações necessárias sobre os seus rendimentos, bens e direitos.

E os saldos negativos?

Se você fechou a conta corrente no ano-calendário com saldo negativo e quer entender como declarar saldo negativo em conta corrente no Imposto de Renda, preste atenção!

Isso porque é preciso informar na ficha "Dívidas e Ônus Reais", no código 11, apenas se a sua dívida for a partir de R$ 5 mil. Lembrando que essa informação também consta do documento "informe de rendimentos", por isso a sua importância.

Será preciso informar, também, qual a característica da dívida (como cheque especial, por exemplo).

Agora é só começar a separar toda a documentação e se preparar para o próximo envio. Conte conosco para mais informações de todos os outros aspectos do envio da declaração e assuntos de interesse similar.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário